woohoo news

notícia


15/8/2012

Ricardo dos Santos faz história nos tubos de Teahupoo

Catarinense é o primeiro bicampeão com duas vitórias consecutivas nos 12 anos da triagem para os convidados do ASP World Tour do Taiti


O catarinense Ricardo dos Santos, 22 anos, conquistou um feito inédito nos tubos mais temidos do ASP World Tour. Nos 12 anos da história da triagem para o Billabong Pro do Taiti, é o primeiro a conseguir o bicampeonato com duas vitórias consecutivas na perigosa bancada de Teahupoo. Ricardinho confirmou o título com a nota 10 no tubo sensacional que surfou nos últimos minutos da final contra o taitiano Alain Riou, 29, na segunda-feira de ondas de 6 pés sólidos em Teahupoo. Mas, os dois já estavam classificados para participar do sexto desafio do ASP Tour 2012, cujo prazo começa nesta quinta-feira e vai até o dia 27 no Taiti.

"Ganhar aqui uma vez é um sonho, duas então é uma emoção inexplicável", disse Ricardo dos Santos. "Agora estou no evento principal e vou continuar com o mesmo plano. Aqui em Teahupoo você só precisa se concentrar para encontrar os melhores tubos, não importa se vai ser contra o Kelly (Slater), ou o Parko (Joel Parkinson), ou o Alain (Riou). Eu estou pronto, estou feliz, estou vivendo o sonho mais uma vez".

O niteroiense Bruno Santos também ficou perto de participar mais uma vez do Billabong Pro Teahupoo. Ele é dono da única vitória brasileira na etapa mais perigosa da temporada. Em 2008, Bruninho entrou com o vice-campeonato na final da triagem contra o havaiano Jamie O´Brien em tubos de 3 metros de altura em Teahupoo. Agora igualou a sua atuação de 2007, quando também parou nas semifinais que decidem os dois classificados para o evento principal. O niteroiense dividiu o terceiro lugar com outro surfista do Taiti, Tuamata Puhetini.

Um total de trinta surfistas participou do Air Tahiti Nui Von Zipper Trials neste ano. E os dois finalistas seguiram para completar as baterias dos principais cabeças de chave na rodada de estreia do Billabong Pro Teahupoo 2012, Kelly Slater e Joel Parkinson. A do brasileiro é contra o australiano Joel Parkinson e ambos são patrocinados pela Billabong. E esta não será a primeira vez que Ricardinho compete contra os grandes nomes do esporte.

No ano passado, o catarinense da Guarda do Embaú despachou o australiano Taj Burrow nos tubos de Teahupoo e na terceira fase deu trabalho para Kelly Slater, que depois conquistou mais uma vitória no Taiti. E também participou do Billabong Rio Pro nas praias do Rio de Janeiro, igualmente só perdendo para o campeão da terceira etapa do ASP World Tour 2011, o paulista Adriano "Mineirinho" de Souza.

BICAMPEÕES - Ricardo dos Santos é o primeiro bicampeão consecutivo da triagem no Taiti, mas dois taitianos já haviam conquistado duas vitórias na batalha pelos wildcards em Teahupoo, Manoa Drollet em 2005 e 2007 e Heiarii Williams em 2006 e 2009. E Alain Riou também buscava um segundo título, pois venceu esta competição em 2003. O taitiano certamente representa uma grave ameaça para qualquer top do WCT, pois mora a apenas dez minutos de Teahupoo e surfa o local desde que era adolescente.

"Estar no evento principal é tudo. Foi por isso que eu fui nos tubos, mas não gostei da final", disse Alain Riou. "Eu tinha a prioridade (de escolha da próxima onda), eu olhei para a onda, achei que era pequena, mas quando ela entrou no recife armou o tubo para o Ricardo (dos Santos), então eu lhe dei a onda. Mas, me sinto feliz pela classificação, estou confiante, em casa, e pronto para competir".

Com a entrada de Ricardo dos Santos, o Brasil agora terá oito participantes no quinto desafio do ASP World Tour 2012. Seis deles são tops da elite, os paulistas Adriano de Souza, Gabriel Medina e Miguel Pupo, o cearense Heitor Alves, o catarinense Alejo Muniz e o potiguar Jadson André. O carioca Raoni Monteiro se contundiu na etapa passada, em Fiji, então foi substituído por Willian Cardoso, catarinense como o Ricardinho da Guarda da Embaú, que reforça o time brasileiro no Billabong Pro Tahiti pelo segundo ano consecutivo.

CAMPEÕES DO AIR TAHITI NUI VON ZIPPER TRIALS:
2012: Ricardo dos Santos (BRA)
2011: Ricardo dos Santos (BRA)
2010: Tuamata Puhetini (TAH)
2009: Heiarii Williams (TAH)
2008: Jamie O’Brien (HAW)
2007: Manoa Drollet (TAH)
2006: Heiarii Williams (TAH)
2005: Manoa Drollet (TAH)
2004: Heimata Carroll (TAH)
2003: Alain Riou (TAH)
2002: Vetea David (TAH)
2001: Bruce Irons (HAW)

PRIMEIRA FASE DO BILLABONG PRO TAHITI - 1.o=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Repescagem:
1.a bateria: John John Florence (HAV), Miguel Pupo (BRA), Patrick Gudauskas (EUA)
2.a: Taj Burrow (AUS), Damien Hobgood (EUA), Dusty Payne (HAV)
3.a: Mick Fanning (AUS), Brett Simpson (EUA), Taylor Knox (EUA)
4.a: Adriano de Souza (BRA), Bede Durbidge (AUS), Willian Cardoso (BRA)
5.a: Joel Parkinson (AUS), Kai Otton (AUS), Ricardo dos Santos (BRA)
6.a: Kelly Slater (EUA), Travis Logie (AFR), Alain Riou (TAH)
7.a: Josh Kerr (AUS), Tiago Pires (PRT), Jadson Andre (BRA)
8.a: Jordy Smith (AFR), Adrian Buchan (AUS), Kieren Perrow (AUS)
9.a: Owen Wright (AUS), Alejo Muniz (BRA), Yadin Nicol (AUS)
10: Julian Wilson (AUS), Heitor Alves (BRA), Matt Wilkinson (AUS)
11: Gabriel Medina (BRA), Michel Bourez (TAH), Adam Melling (AUS)
12: Jeremy Flores (FRA), C. J. Hobgood (EUA), Fredrick Patacchia (HAV)

TOP-22 DO ASP WORLD TOUR 2012 - 4 etapas:
1.o: Mick Fanning (AUS) - 24.750 pontos
2.o: Kelly Slater (EUA) - 23.700
2.o: Joel Parkinson (AUS) - 23.700
4.o: Adriano de Souza (BRA) - 22.400
5.o: Taj Burrow (AUS) - 20.950
5.o: John John Florence (HAV) - 20.950
7.o: Josh Kerr (AUS) - 19.950
8.o: Jordy Smith (AFR) - 17.450
9.o: Owen Wright (AUS) - 16.150
10: Julian Wilson (AUS) - 14.900
11: Jeremy Flores (FRA) - 14.000
12: C. J. Hobgood (EUA) - 12.750
13: Gabriel Medina (BRA) - 10.750
14: Heitor Alves (BRA) - 10.250
15: Adrian Buchan (AUS) - 9.200
15: Tiago Pires (PRT) - 9.200
17: Michel Bourez (TAH) - 9.000
18: Brett Simpson (EUA) - 8.000
18: Miguel Pupo (BRA) - 8.000
20: Alejo Muniz (BRA) - 7.950
20: Kai Otton (AUS) - 7.950
22: Bede Durbidge (AUS) - 7.000
----------outros brasileiros:
26: Raoni Monteiro (BRA) - 4.500 pontos
32: Jadson André (BRA) - 3.250
36: Willian Cardoso (BRA) - 1.000

João Carvalho - Assessoria de Imprensa da ASP South America
(48) 9988-2986 - joao@aspsouthamerica.com.br


todos os programas

todas as notícias

1 |  2 |  3 |  4 |  5 
Próxima