woohoo news

notícia


10/8/2012

Filipe Toledo entra no G-10 no ASP 6-Star da Inglaterra

Paulista passou a ser o sétimo brasileiro na lista provisória para o ASP Dream Tour 2013 com o terceiro lugar na etapa de abertura da "perna européia"


O paulista Filipe Toledo, 17 anos, foi o grande destaque da etapa que abriu a decisiva "perna européia" do ASP World Star na Inglaterra. Com os seus aéreos, ele ganhou o único 10 e as maiores notas do ASP 6-Star Relentless Boardmasters nas ondas geladas de 2-3 pés de Fistral Beach, em Newquay, na região sul da Inglaterra. Ele parou nas semifinais, mas o terceiro lugar foi suficiente para entrar na zona de classificação para o ASP Dream Tour. Filipe saltou do 34.o para o 25.o lugar no ASP World Ranking, que está garantindo até o 29.o colocado, o havaiano Sebastien Zietz, 24 anos, que também ingressou no G-10 com a passagem para as semifinais em Newquay.

Os dois foram barrados por dois surfistas da Europa na quinta-feira em Fistral Beach. O filho do bicampeão brasileiro Ricardo Toledo, perdeu por pouco para o campeão do Relentless Boardmasters, Charles Martin, 22 anos, da Ilha Guadalupe. Já o havaiano foi batido pelo francês Romain Cloitre, 23, que saltou do 66.o para o 47.o lugar no ranking mundial unificado da ASP com os 2.640 pontos do vice-campeonato no ASP 6-Star da Inglaterra. A vitória valeu 3.500 pontos e Charles Martin ganhou trinta posições, indo da 81.a para a 51.a colocação na classificação geral das 27 etapas completadas na abertura da "perna européia" na Inglaterra.

Com o cancelamento da "perna brasileira" de fim de ano da ASP South America, a série de seis etapas seguidas na Europa passou a ser decisiva na briga pelas dez vagas do ASP World Ranking que vão completar a elite dos top-34 do Dream Tour no ano que vem. Filipe Toledo agora é o novo brasileiro na lista e o único que ainda não completou as oito etapas computadas no ranking. Ou seja, vai somar todos os pontos que conseguir na próxima, o ASP 5-Star de Lacanau, de 14 a 19 de agosto, enquanto os concorrentes estarão trocando o pior resultado.

SETE BRASILEIROS - O ubatubense é o sétimo brasileiro a aparecer na relação provisória dos top-34 para o ASP Tour 2013, igualando o número de integrantes na elite deste ano. Filipe Toledo pegou a sexta posição no G-10 que era ocupada pelo catarinense Willian Cardoso, 26 anos, a outra novidade do Brasil na elite. Eles acabariam substituindo o carioca Raoni Monteiro, 30, e o potiguar Jadson André, 22, que não aparecem em nenhuma das duas listas de classificação no momento. Já os paulistas Adriano de Souza, 25, Gabriel Medina, 18, e Miguel Pupo, 20, o cearense Heitor Alves, 30, e o catarinense Alejo Muniz, 22, estão confirmando suas permanências entre os top-22 que são mantidos pelo ranking principal do ASP World Tour.

O sétimo "elemento" já vinha de um ótimo resultado no ASP Prime Nike US Open of Surfing nos Estados Unidos, onde ficou em quinto lugar na quarta de final brasileira contra Miguel Pupo em Huntington Beach. E na Inglaterra, Filipe Toledo foi, de longe, o melhor surfista nas pequenas ondas de Fistral Beach. Ele fez os três maiores placares e ganhou as três maiores notas do campeonato, dominando as listas de recordes em Newquay.

RECORDISTA ABSOLUTO - A melhor apresentação foi na quinta fase, única de confrontos formados por três competidores. Nesta, Filipe fez vôos sensacionais com aterrisagens perfeitas para arrancar a única nota 10 e ainda somar uma 9,57 para atingir incríveis 19,57 pontos de 20 possíveis. Ele já tinha estreado com os recordes do campeonato na quarta-feira, nota 9,17 e 17,54 pontos. Na segunda participação, aumentou essas marcas para 9,87 e 17,80 pontos e na terceira registrou os recordes absolutos do Relentless Boardmasters 2012.

Nas fases decisivas, quando as baterias passaram para o sistema homem a homem, teve mais trabalho contra os seus adversários. Nas quartas de final, passou apertado pelo havaiano Granger Larsen por 14,43 a 14,16 pontos. E na semifinal contra o campeão Charles Martin, Filipe liderou a bateria até o surfista da Ilha Guadalupe surfar uma boa onda nos 5 minutos finais que valeu nota 7,80 e a virada no placar para 16,97 a 15,67 pontos.

Outro conterrâneo seu de Ubatuba também representou bem o Brasil na Inglaterra. Wiggolly Dantas já venceu este evento anos atrás e foi o primeiro a se classificar para as quartas de final em Fistral Beach. Neste confronto pela quinta fase, mais um paulista, Thiago Camarão, foi eliminado em nono lugar na competição. Na mesma posição ficou o pernambucano Halley Batista, que se despediu na bateria dos recordes de Filipe Toledo.

Wiggolly Dantas perdeu o duelo seguinte para o vice-campeão Romain Cloitre na abertura das quartas de final. Ele ficou em quinto lugar na Inglaterra e subiu do 44.o para o 39.o lugar com este resultado. O Relentless Energy Drink Boardmasters tinha prazo até domingo para ser encerrado, mas a previsão das ondas é muito ruim para o fim de semana, então o evento foi finalizado na quinta-feira. Para conseguir isso, foram realizadas disputas simultâneas com baterias acontecendo em duas torres de julgamento nos dois últimos dias em Fistral Beach.

G-10 DO ASP WORLD RANKING - 27 etapas - 4 do ASP Tour / 6 Prime / 17 Star:
1.o: John John Florence (HAV) - 36.165 pontos
2.o: Adriano de Souza (BRA) - 29.445
3.o: Kelly Slater (EUA) - 28.725
4.o: Gabriel Medina (BRA) - 27.615
5.o: Mick Fanning (AUS) - 25.243
6.o: Josh Kerr (AUS) - 23.736
7.o: Taj Burrow (AUS) - 23.525
8.o: Julian Wilson (AUS) - 22.300
9.o: Jordy Smith (AFR) - 21.560
10: Joel Parkinson (AUS) - 21.520
11: Miguel Pupo (BRA) - 20.250
12: Kai Otton (AUS) - 20.095
13: C. J. Hobgood (EUA) - 19.480
14: Adrian Buchan (AUS) - 18.205
15: Glenn Hall (IRL) - 17.260 e 1.o no G-10
16: Owen Wright (AUS) - 17.200
17: Jeremy Flores (FRA) - 15.570
18: Nat Young (EUA) - 14.160 e 2.o no G-10
19: Brett Simpson (EUA) - 13.490
20: Heitor Alves (BRA) - 12.780
21: Matt Wilkinson (AUS) - 12.325 e 3.o no G-10
22: Kolohe Andino (EUA) - 12.261 e 4.o no G-10
23: Alejo Muniz (BRA) - 12.200
24: Patrick Gudauskas (EUA) - 12.180 e 5.o no G-10
25: Filipe Toledo (BRA) - 12.145 e 6.o no G-10
26: Willian Cardoso (BRA) - 11.900 e 7.o no G-10
27: Damien Hobgood (EUA) - 11.770 e 8.o no G-10
28: Fredrick Patacchia (HAV) - 11.634 e 9.o no G-10
29: Sebastien Zietz (HAV) - 11.256 e 10.o no G-10
------------------próximos sul-americanos:
35: Alex Ribeiro (BRA) - 10.120 pontos
39: Wiggolly Dantas (BRA) - 9.516
41: Jean da Silva (BRA) - 9.080
44: Raoni Monteiro (BRA) - 8.150
45: Tomas Hermes (BRA) - 8.092
53: Hizunomê Bettero (BRA) - 6.940
56: Jessé Mendes (BRA) - 6.810
67: Ricardo dos Santos (BRA) - 5.771
76: Thiago Camarão (BRA) - 5.150
80: Jadson André (BRA) - 4.640
88: Peterson Crisanto (BRA) - 3.938
93: Gabriel Villaran (PER) - 3.703
94: Bernardo Pigmeu (BRA) - 3.680
98: Yuri Sodré (BRA) - 3.580
101: Flavio Nakagima (BRA) - 3.450
102: Caio Ibelli (BRA) - 3.440
103: Jano Belo (BRA) - 3.420

FINAL DO ASP 6-STAR RELENTLESS BOARDMASTERS:
Campeão: Charles Martin (GLP) com 15.67 pontos (8.50+7.17) - US$ 25.000 e 3.500 pontos
Vice-campeão: Romain Cloitre (FRA) com 12.60 pontos (6.60+6.00) - US$ 12.500 e 2.640 pontos

SEMIFINAIS - 3.o lugar - US$ 6.150 e 2.080 pontos:
1.a: Romain Cloitre (FRA) 13.50 x 9.76 Sebastien Zietz (HAV)
2.a: Charles Martin (GLP) 16.97 x 15.67 Filipe Toledo (BRA)

QUARTAS DE FINAL - 5.o lugar - US$ 3.000 e 1.560 pontos:
1.a: Romain Cloitre (FRA) 14.67 x 10.00 Wiggolly Dantas (BRA)
2.a: Sebastien Zietz (HAV) 15.00 x 11.90 Glenn Hall (IRL)
3.a: Filipe Toledo (BRA) 14.43 x 14.16 Granger Larsen (HAV)
4.a: Charles Martin (GLP) 13.70 x 7.87 Vincent Duvignac (FRA)

QUINTA FASE - Round of 12 - 3.o=9.o lugar - US$ 2.300 e 920 pontos:
1.a: 14.60-Wiggolly Dantas (BRA), 12.67-Glenn Hall (IRL), 4.37-Thiago Camarão (BRA)
2.a: 14.27-Sebastien Zietz (HAV), 14.17-Romain Cloitre (FRA), 9.93-Medi Veminardi (REU)
3.a: 19.57-Filipe Toledo (BRA), 10.27-Vincent Duvignac (FRA), 9.60-Halley Batista (BRA)
4.a: 14.50-Charles Martin (GLP), 13.83-Granger Larsen (HAV), 12.63-Stu Kennedy (AUS)

QUARTA FASE - Round of 24 - 3.o=13.o lugar (US$ 2.200 e 650 pts) / 4.o=19.o ($ 2.000 e 543 pts):
1.a: 1-Glenn Hall (IRL), 2-Sebastien Zietz (HAV), 3-Luel Felipe (BRA), 4-Peterson Crisanto (BRA)
2.a: 1-Thiago Camarão (BRA), 2-Romain Cloitre (FRA), 3-Jonathan Gonzalez (CNY), 4-Lincoln Taylor (AUS)
3.a: 1-Medi Veminardi (REU), 2-Wiggolly Dantas (BRA), 3-Nathan Hedge (AUS), 4-Rafael Pereira (VEN)
4.a: 1-Vincent Duvignac (FRA), 2-Granger Larsen (HAV), 3-André Silva (BRA), 4-Marc Lacomare (FRA)
5.a: 1-Filipe Toledo (BRA), 2-Stu Kennedy (AUS), 3-Nat Young (EUA), 4-Hodei Collazo (ESP)
6.a: 1-Charles Martin (GLP), 2-Halley Batista (BRA), 3-Eneko Acero (ESP), 4-Mitch Crews (AUS)

MAIS RESULTADOS - para ver todos os resultados dos surfistas da América do Sul nas três primeiras fases da competição, acesse a notícia no www.aspsouthamerica.com.br

João Carvalho - Assessoria de Imprensa da ASP South America
(48) 9988-2986 - joao@aspsouthamerica.com.br


todos os programas

todas as notícias

1 |  2 |  3 |  4 |  5 
Próxima