woohoo news

notícia


7/5/2012

Gabriel Medina garante o bi do Brasil no Lowers Pro

Paulista repetiu o feito do seu grande amigo, Miguel Pupo, que no ano passado faturou o título do ASP Prime Nike Lowers Pro nos Estados Unidos


O paulista Gabriel Medina, 18 anos, garantiu o bicampeonato do Brasil no ASP Prime Nike Lowers Pro na Califórnia. A vitória na bateria final sobre o irlandês Glenn Hall, 30, só confirmou o favoritismo do melhor surfista nas boas ondas de 3-5 pés em Lower Trestles. Ele já era o recordista absoluto do campeonato e no sábado arrancou a única nota 10 da semana na semifinal contra o australiano Adrian Buchan, 29, aumentando o maior placar do evento nos Estados Unidos para 19,80 pontos de 20 possíveis.

“Esta é uma vitória muito especial”, disse Gabriel Medina, que repetiu o feito do seu grande amigo Miguel Pupo, 20 anos, campeão do Nike Lowers Pro em 2011. “Foi uma semana longa e agora vou para o Brasil bem mais confiante para conseguir bons resultados no Rio de Janeiro”.

Medina foi o grande nome do evento. Ele já estreou fazendo as marcas a serem batidas, mas que só ele mesmo superou. Nas tabelas dos maiores placares e das maiores notas, seu nome aparece nas três primeiras posições. Os aéreos são sua especialidade e foram eles que tiraram as maiores notas dos juízes, mas Medina também mostrou um ataque feroz nas direitas e esquerdas de Trestles. Apresentou uma variedade incrível de manobras executadas com pressão e velocidade, não conseguidas por nenhum outro surfista nesta semana.

“Eu adoro Trestles”, confessou Medina, sempre tímido e de poucas palavras. “É uma onda muito boa e é um dos meus lugares favoritos do mundo para surfar. Eu nem tenho palavras para explicar como estou me sentindo agora. Só que estou muito amarradão pela vitória”.

Agora, todas as atenções ficam voltadas para o Brasil, com o estado do Rio de Janeiro se transformando na capital mundial do surfe até o dia 27 deste mês. A primeira parada é na capital carioca, que pelo segundo ano consecutivo vai sediar a etapa brasileira do WCT nos dias 09 a 20. O palco principal do Billabong Rio Pro será montado no Postinho da Barra da Tijuca, mas outras duas praias também podem receber os melhores surfistas do mundo, o Arpoador e o Canto do Recreio.

Depois, metade da elite mundial fica no Brasil para participar do Coca-Cola apresenta Quiksilver Saquarema Prime na “Cidade do Surf” da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. A Praia de Itaúna comprovou a fama de ser conhecida como o “Maracanã” do surfe brasileiro e bombou altas ondas no ano passado. As condições ficaram tão extremas no domingo que as finais do campeonato tiveram que ser transferidas para a segunda-feira. O surfista de Saquarema, Raoni Monteiro, quase faturou o título em casa, mas perdeu a final para o australiano Kai Otton.

Os dois eventos são os mais importantes do calendário mundial na briga pelas dez vagas do ranking unificado para a divisão de elite do ASP World Tour. Com os 6.500 pontos da vitória nos Estados Unidos, que valeu um prêmio de 40 mil dólares, Gabriel Medina saltou da 24.a para a décima posição e passou a encabeçar a lista dos brasileiros no ASP World Ranking, superando o também paulista Adriano “Mineirinho” de Souza.

O havaiano John John Florence, que dividiu o terceiro lugar com Adrian Buchan, reassumiu a liderança e o vice-campeão Glenn Hall foi um dos quatro surfistas que entraram no grupo dos dez que se classificam para o ASP Tour. Os outros foram os norte-americanos Nat Young e Gabe Kling e o veterano australiano Mark Occhilupo, que é a grande surpresa no G-10 do ranking mundial unificado da ASP.

RESULTADOS DO SÁBADO DECISIVO DO NIKE LOWERS PRO:

GRANDE FINAL = 15,67 x 10,87 pontos:
Campeão: Gabriel Medina (BRA) com notas 8,50 e 7,17 – US$ 40.000 e 6.500 pontos
Vice-campeão: Glenn Hall (IRL) com notas 5,77 e 5,10 – US$ 20.000 e 5.200 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar – US$ 10.000 e 4.225 pontos:
1.a: Glenn Hall (IRL) 12.60 x 12.17 John John Florence (HAV)
2.a: Gabriel Medina (BRA) 19.80 x 8.43 Adrian Buchan (AUS)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar – US$ 6.500 e 3.320 pontos:
1.a: Glenn Hall (IRL) 13.30 x 6.67 Jeremy Flores (FRA)
2.a: John John Florence (HAV) 13.20 x 13.00 Tanner Gudauskas (EUA)
3.a: Gabriel Medina (BRA) 18.20 x 11.03 Dane Reynolds (EUA)
4.a: Adrian Buchan (AUS) 13.83 x 13.53 Patrick Gudauskas (EUA)

ASP WORLD RANKING – 14 etapas (2 do ASP Tour+3 do ASP Prime+9 do ASP Star):
- classifica 10 surfistas para a elite que não estejam entre os 22 primeiros do ASP Tour 2012:
01: John John Florence (HAV) – 18.475 pontos e top-22 do ASP Tour
02: Josh Kerr (AUS) – 16.536 e top-22
03: Taj Burrow (AUS) – 15.695 e top-22
04: Adrian Buchan (AUS) – 14.805 e top-22
05: Kelly Slater (EUA) – 14.500 e top-22
06: Mick Fanning (AUS) – 13.613 e top-22
07: Joel Parkinson (AUS) – 12.870 e top-22
08: Owen Wright (AUS) – 12.800 e top-22
09: Jordy Smith (AFR) – 12.620 e top-22
10: Gabriel Medina (BRA) – 12.070 e 1.o no G-10 do ASP World Ranking
11: Adriano de Souza (BRA) – 12.000 e top-22
12: Miguel Pupo (BRA) – 11.650 e top-22
13: Jeremy Flores (FRA) – 11. 570 e top-22
14: Kai Otton (AUS) – 11.145 e top-22
15: C. J. Hobgood (EUA) – 10.920 e top-22
16: Fredrick Patacchia (HAV) – 9.484 e top-22
17: Glenn Hall (IRL) – 7.680 e 2.o no G-10
18: Willian Cardoso (BRA) – 7.600 e 3.o no G-10
19: Olamana Eleogram (HAV) – 7.414 e 4.o no G-10
20: Brett Simpson (EUA) – 7.280 e top-22
21: Raoni Monteiro (BRA) – 7.250 e top-22
22: Adam Melling (AUS) – 7.107 e 5.o no G-10
23: Mark Occhilupo (AUS) – 6.815 e 6.o no G-10
24: Damien Hobgood (EUA) – 6.430 e 7.o no G-10
25: Nat Young (EUA) – 6.365 e 8.o no G-10
26: Kolohe Andino (EUA) – 6.286 e 9.o no G-10
27: Gabe Kling (EUA) – 6.249 e 10.o no G-10
------------próximos sul-americanos:
29: Heitor Alves (BRA) – 6.180 e top-22
34: Jean da Silva (BRA) – 5.450
42: Ricardo dos Santos (BRA) – 4.991
47: Wiggolly Dantas (BRA) – 4.636
49: Tomas Hermes (BRA) – 4.582
57: Filipe Toledo (BRA) – 3.720
58: Hizunomê Bettero (BRA) – 3.510
59: Jessé Mendes (BRA) – 3.380
63: Alex Ribeiro (BRA) – 3.100
65: Jadson André (BRA) – 3.060
78: Yuri Sodré (BRA) – 2.500
79: Bernardo Pigmeu (BRA) – 2.400
87: Gabriel Villaran (PER) – 2.103


todos os programas

todas as notícias

1 |  2 |  3 |  4 |  5 
Próxima