AGUARDE
19 maio 2015

Quer praticar exercícios físicos mas não sabe por onde começar?

A natureza pode ser uma boa pedida para dar o primeiro passo.

Fazer exercícios físicos não é somente trabalhar o corpo para ficar em forma, mas é se sentir saudável, fisicamente e psicologicamente. Porém, nem sempre a prática de exercícios é estimulante. Para aumentar o interesse, nada melhor do que se aproximar da natureza. Ela aumenta o bem estar, produz adrenalina e permite novas novas experiências e sensações corporais e emocionais. Por isso, aqui vai uma lista de alguns exercícios que podem ser praticados ao ar livre, com base na lista da Noo.Conhecido também como SUP, o Stand Up consiste em uma prancha e um remo que somados ao mar, rio ou lagoa se transforma no exercício perfeito. O esquema é ficar de pé e sair remando. Dá para fazer travessias, conhecer lugares incríveis e, se quiser um pouco mais de adrenalina, dá para pegar algumas ondas.

Também é possível levar seu animal de estimação para o passeio. Foto: MundoSup

Também é possível levar seu animal de estimação para o passeio. Foto: MundoSup

Está muito enganado quem acredita que corrida é só sair correndo por aí. Existe toda uma técnica e especificidades para cada um. Além disso, tudo pode ser ainda mais divertido. O Rio de Janeiro sempre recebe eventos de corrida coletiva, inclusive a Holi Run, uma famosa prova que consiste em correr com um grupo de amigos e, mais ainda, se colorirem até o fim do percurso de 5km.
A cidade maravilhosa é cheia de rochas incríveis com visuais ainda mais alucinantes por aí. Se quiser conhecer o Rio de Janeiro de cima é só procurar algumas das companhias de escala. Morro da Urca, Floresta da Tijuca, Pedra da Gávea, são alguns dos lugares onde é possível fazer o passeio.

Um dos planos de fundo deste esporte é o Morro da Urca. Foto: Ancoraue

Um dos planos de fundo deste esporte é o Morro da Urca. Foto: Ancoraue

Diretamente da Polinésia, o Rio de Janeiro passou a ser mais um plano de fundo para esta prática do esporte. O exercício é intenso, mas compensa. Além disso, tem todo um trabalho de ritmo da natureza, desde prestar atenção no movimento das aves até se adaptar às correntes marítimas, ventos e marés. Quem trouxe para o Brasil esta modalidade foi Hugo Sanches. Ele não só dá os treinos, como também fabrica as pranchas, que ainda não chegaram em peso por aqui.

O esporte chegou com tudo nas águas do Rio de Janeiro. Foto: Canoahavaianarj

O esporte chegou com tudo nas águas do Rio de Janeiro. Foto: Canoahavaianarj

Além de ser um dos esportes mais completos fisicamente falando, também é uma delícia. Os sortudos que desfrutam o prazer de morar no Rio, então, tem que aproveitar: natação no mar é o esquema.
Verão é a melhor época do ano para aprender a surfar. Lá para a Zona Oeste, melhor ainda. E é justamente por lá que ficam as escolinhas de surfe do Rico de Souza, figura do surfe carioca. A praia da Barra e da Macumba também possui aulas de preparação física para se dar melhor no esporte ou para a galera que nunca ficou em pé na prancha.
Dizem que este esporte nasceu nas areias de Copacabana. Verdade ou não, foi no Rio que ele ganhou força e dominou as areias e quadras das praias. Não tinha como ser diferente, além do futebol (esporte mais famoso no Brasil), os treinos são carregados, também, de atividades aeróbicas.
Para quem não tem medo de altura, a asa delta pode ser uma boa pedida. Além de voos duplos panorâmicos para quem quiser curtir o visual, professores dão aulas teóricas e práticas para quem quer ir além e voar por conta própria. O curso dura de 1 a 3 meses, dependendo da disponibilidade do aluno.
A bicicleta vai muito além de uma atividade física, é a melhor forma de transporte atualmente. Para quem quer entrar no mundo do ciclismo, um dos pontos mais bonitos do Rio, a Vista Chinesa, serve de plano de fundo para esta atividade. De acordo com o aluno, o objetivo pode ser bem variável: desde subir na bike e aprender a usar as marchas, até aprimorar o rendimento e a performance.
Andar na corda bamba pode ser bem mais rico do que parece. São todas aquelas sutilezas da vida que se escancaram no esporte. Além de toda a parte física, você treina também o autoconhecimento, o controle das emoções, o equilíbrio e o relaxamento. São 7 níveis de graduação, começando pelos fundamentos básicos até a mais avançada, o highline.

Tags:
COMPARTILHAR