AGUARDE
02 maio 2017

Pâmela Rosa e Yuto Horigome vencem o Oi STU Open.

O brasileiro amador Lucas Alves brilhou e foi destaque ao terminar a disputa em terceiro lugar.

No último domingo, dia 30 de abril, terminou na praça duó, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, o Oi Skate Total Urbe Open, evento que reuniu uma disputa mundial de street skate, com outras manifestações urbanas, como a musica, arte e o audiovisual.

A premiação do campeonato foi a maior da história de um evento da modalidade na América Latina. Entre os vencedores foram distribuídos nada menos do que 400 mil reais. Melhor para os campeões Pâmela Rosa e Yuto Horigome, que fizeram a festa no domingo ensolarado, aclamados por uma platéia enérgica e apaixonada.

O domingo de decisões com as mulheres mostrando todo o poder  e estilo do skate feminino. Assim como as 8 finalistas do feminino open, a bicampeã mundial e duas vezes medalha de ouro no X-Games, Pâmela Rosa, entrou em ação focada em seu objetivo: o título. A local de São José dos Campos não fez por menos. Com muita velocidade e precisão na aterrissagem de suas manobras, acertando todas as suas chances, a embaixadora do Oi STU Open,  mandou ainda um frontside smith grind e um backside rockslide que roubaram a atenção dos juízes e levantou a galera.

Completando a dobradinha brasileira no pódio, a Santista Gabriela Mazetto, ficou com a medalha de prata após apresentar também uma performance de alto nível. Julia Bruckler , que veio da Áustria como forte favorita, ganhou muitos fãs brasileiros com seu estilo e categoria em cima do skate, terminando a disputa em terceiro lugar.

Em seguida foi a vez de definir os melhores do evento na categoria masculina. O japonês Yuto Horigome chegou tímido no Oi STU Open, mas quando foi dada a largada, o garoto de apenas 18 anos mostrou muita técnica para ser consagrado o grande campeão. O neozelandes Tommy Finn também elevou o grau de dificuldade das manobras  e ficou no segundo posto.  

Mas o grande destaque do evento, quem conquistou a torcida e o coração da galera que foi ver de perto o espetáculo, foi Lucas Alves. O curitibano, que começou a disputa na primeira rodada, composta apenas por amadores, assinou uma trajetória espetacular e chegou ao terceiro lugar no pódio.

Tags:
COMPARTILHAR