AGUARDE
24 outubro 2016

Dimity Stoyle vence QS 3.000 no Japão

Coco Ho fica em 2º e entra para a zona de classificação para a elite de 2017

No último final de semana uma prova do QS feminino movimentou a cidade de Kamogawa no Japão. Com 3.000 pontos em jogo a prova atraiu surfistas do mundo inteiro, incluindo integrantes da elite como as havaianas Coco Ho e Alessa Quizon e a surfista de Barbados Chelsea Tuach. A situação das três no CT é bastante complicada, Coco Ho precisa vencer a última etapa em Maui para ficar entre as 10 no ranking, enquanto a única opção para Alessa e Chelsea  conseguir a permanência na elite é o circuito de acesso. 

 

Coco Ho agora ocupa a 7ª posição no ranking do QS / Foto: WSL

A disputa no Japão contou com embates eletrizantes e terminou com a vitória da australiana Dimity Stoyle, ex-integrante do CT, que agora ocupa a 15ª posição no ranking do QS. Coco Ho, que registrou os melhores somatórios da  competição não conseguiu repetir as boas performances na bateria final e ficou com o segundo posto. Alessa Quizon e a francesa Pauline Ado completaram o pódio na terceira posição.

 

Ranking após o QS 3.000 do Japão:

1ª Nikki Van Dijk (AUS) - 16.400 pontos

2ª Malia Manuel (HAV) - 16.250 pontos (está se mantendo pelo CT)

3ª Bronte Macaulay (AUS) - 15.300 pontos

4ª Silvana Lima (BRA) - 14.300 pontos

5ª Sage Erickson (EUA) - 13.550 pontos (está se mantendo pelo CT)

5ª Keely Andrew (AUS) - 13.550 pontos

7ª Coco Ho (HAV) - 12.650 pontos 

8ª Pauline Ado (FRA) - 12.450 pontos

9ª Laura Enever (AUS) - 11.250 pontos

10ª Alessa Quizon (HAV) - 10.330 pontos

 

Uma etapa de nível 6.000 do QS está confirmada para acontecer entre os dias 03 e 06 de novembro em Cronulla na Austrália e essa lista pode sofrer alterações. A Silvana Lima é a única brasileira inscrita na competição.

Tags:
COMPARTILHAR