AGUARDE
02 fevereiro 2015

Blogueiros no Camboja

O que acontece quando três jovens noruegueses são enviados para conhecer aqueles que costuram suas roupas?

Na maioria das vezes os apaixonados por moda se esquecem de todo o lado negativo que há por trás desta indústria. Mesmo com diversas histórias sobre pessoas que são escravizadas, essas condições de trabalho parecem não existir. No entanto, foi criado um novo reality show que promete mudar essa triste realidade. O programa SweatShop: Deadly Cheap Fashion, encontrou uma maneira interessante de denunciar as péssimas condições de trabalho às quais são submetidos alguns dos trabalhadores que criam as peças de roupas que encontramos nas vitrines. Para isso, três blogueiros de moda do país foram convidados a passar um mês trabalhando em uma fábrica têxtil do Camboja, para conhecer a realidade dos trabalhadores locais, vivendo uma vida nas mesmas condições que eles vivem.

“Que tipo de trabalho é esse? Ninguém deveria ficar tanto tempo fazendo a mesma coisa. Quando penso nisso, começo a chorar. Que tipo de vida é essa?” .

É assim que a blogueira de moda Anniken descreve um dos relatos que ouviu durante o reality. Ao lado de outros três jovens, Anniken é uma das protagonistas e costumava gastar cerca de U$ 600 mensais em roupas, mas a partir do 4º episódio do reality show, passou a ter apenas o equivalente a U$ 6, por dia, para investir em comida. Situações como essa fizeram com que os blogueiros rapidamente mudassem suas visões de mundo, o que é perceptível logo nos primeiros episódios. Entre as dificuldades encontradas, os jovens destacam que a casa de uma das trabalhadoras da fábrica é menor que os banheiros que eles tem na Noruega. Por estes e outros fatores, a série já está gerando polêmica na Noruega. Mesmo assim , o programa promete ser mais um passo para mudar a realidade de cerca de 1,5 milhões de espectadores, fazendo com que eles possam refletir a respeito de nossos padrões de consumo atuais e suas consequências.Para entender mais, quem quiser pode assistir ao programa online.

Tags:
COMPARTILHAR